Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de Sensores Biomiméticos para Determinação de Quinolonas visando Análise em Fluxo de Fármacos e Efluentes

Processo: 09/01078-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Maria Del Pilar Taboada Sotomayor
Beneficiário:Daniel Ferreira Gobatto
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroanalítica   Ciprofloxacino   Quinolonas   Análise por injeção em fluxo

Resumo

Este projeto visa construir sensores eletroquímicos cujo princípio de funcionamento está baseado na determinação de substratos enzimáticos sem a utilização do material biológico. Nestes sensores biomiméticos, como são chamados, o eletrodo é modificado com uma substância redox (catalisador biomimético) que potencialmente imite o sítio ativo de alguma metalo-enzima. Este novo conceito apresenta uma área alternativa, mais simples e economicamente mais rentável para a construção de sensores mais estáveis e com a mesma seletividade oferecida pelos biossensores enzimáticos convencionais. Neste projeto serão construídos sensores à base de catalisadores biomiméticos que imitem o sítio ativo da enzima oxido-redutase citocromo P450, com a finalidade de empregá-los na determinação de antibióticos derivados das quinolonas. A escolha pela mimetização da P450 baseia-se na vasta informação existente na literatura sobre a química, estrutura e mecanismo desta enzima. Os compostos escolhidos para este projeto são os derivados das quinolonas; ciprofloxacino, norfloxacino e ácido nalidíxico, cuja escolha foi devida à grande relevância destes compostos na indústria farmacêutica e na saúde pública, como conseqüência de seu amplo emprego em formulações com grande demanda no mercado de consumo, gerando um volume grande de efluentes. Adicionalmente, uma vez desenvolvidos os sensores para os fármacos propostos, estes serão acoplados a sistemas em fluxo para avaliar seu potencial na análise de medicamentos e de efluentes farmacêuticos e domésticos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)