Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da concentração de fosfato na composição bioquímica da clorofícea Pseudokirchneriella subcapitata e seu impacto na produção secundária do anostráceo Dendrocephalus brasiliensis alimentado com essa alga

Processo: 09/17341-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Maria da Graça Gama Melão
Beneficiário:Daniela Correia de Melo
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/02078-9 - Estudos ecofisiológicos e de processos produtivos do Anostraca dulcícola Dendrocephalus brasiliensis Pesta 1921 e suas implicações nas comunidades zooplanctônica e nectônica, AP.TEM

Resumo

A larvicultura é um grande entrave à aquicultura. A disponibilidade de alimento vivo, em especial o zooplâncton, é essencial para o desenvolvimento de fases jovens de peixes e crustáceos. No entanto, ainda há sérias dificuldades em se obter biomassa zooplanctônica suficiente para atender a crescente demanda mundial. O Anostraca neotropical dulcícola Dendrocephalus brasiliensis tem grande potencial de utilização na aquicultura nacional em virtude de seu tamanho, facilidade de cultivo e grande atratividade para os peixes. Esse anostráceo é filtrador, consumindo grandes quantidades de algas. Microalgas cultivadas em diferentes condições ambientais podem apresentar diferentes composições bioquímicas. Nesse sentido, a presente proposta objetiva analisar a composição bioquímica da clorofícea Pseudokirchneriella subcapitata cultivada em diferentes concentrações de fosfato e avaliar o uso dessas algas como fonte alimentar para D. brasiliensis e seu impacto na produção secundária e no valor nutricional desses animais (composição bioquímica).