Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de habitat, zonação e riqueza de espécies de actiniarios no entremarés rochosos das baias de Santos e São Vicente, SP

Processo: 08/52426-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Pesquisador responsável:Alexander Turra
Beneficiário:Andrea Angeli
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Riqueza de espécies

Resumo

Os actiniários são importantes componentes dos bentos de costões rochosos, no qual exercem grande influência como consumidores secundários. Assim como os demais organismos do entremarés rochoso, as anêmonas possuem adaptações às adversidades ambientais, dentre elas o comportamento de contração corporal, migrações curtas e seleção de habitat. No entanto, no Brasil, pouco se sabe ainda sobre a ecologia de anêmonas no entremarés, como a riqueza de espécies e seus padrões de distribuição e uso de microhabitats. A proposta do presente estudo é gerar conhecimento sobre as espécies existentes, uso de habitat e distribuição espacial (em número e tamanho de indivíduos) de actiniários do entremarés rochoso. Para tanto, uma faixa de 40 m em que a abundância de anêmonas é expressiva foi selecionada em dois costões da Baixada Santista. Em cada área serão então sorteados 3 transectos de 4 m de comprimento e largura equivalente ao entremarés que serão amostrados com retângulos (1x4 m) contíguos durante períodos de maré baixa de sizígia para se registrar o número de espécies e abundância dos indivíduos. O perfil topográfico de cada transecto será determinado para se compreender a zonação em número de indivíduos - zonação, evidenciando a variação da abundância ao longo do perfil. Para a análise da distribuição espacial no tamanho dos indivíduos e uso de habitats pela espécie dominante serão estabelecidos, paralelamente à linha d'água, 3 estratos de 0,5 m de altura ao longo da faixa de ocorrência das anêmonas. Serão registrados os habitats utilizados pelas anêmonas encontradas em cada estrato e, para isto, foram determinadas 5 categorias de habitats passíveis de serem usadas por elas. O tamanho dos organismos será estimado através da área de seu disco pedal, está determinada em um software de análise de imagens. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.