Busca avançada
Ano de início
Entree

O palhaço e a dramaturgia cômica: marivaux, a ilha dos escravos treinamento e experimentações cênicas - clown branco

Processo: 08/55436-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Teatro
Pesquisador responsável:Mario Fernando Bolognesi
Beneficiário:Juliana Freitas Arapiraca
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dramaturgia   Interpretação   Encenação   Palhaços   Comédia

Resumo

A pesquisa abordará (e aproximará) dois universos cômicos distintos: a dramaturgia de Marivaux, a partir de sua obra A ilha dos escravos, e a linguagem cênica circense, enfatizando a experimentação e estudo das personagens Clown Branco e Augusto. Partindo de um trabalho de mesa, envolvendo estudos históricos e teóricos de textos da dramaturgia clássica, bem como das formas teatrais que o espetáculo circense adotou em sua história, a pesquisa prevê um treinamento corporal e expressivo da linguagem circense, bem como a experimentação em cada uma das situações cômicas circenses (reprises, entradas, esquetes e comédias) em consonância com a aplicabilidade das personagens circenses à peça de Marivaux, que apresenta duas duplas de patrões e empregados: Arlequim e Ificrato; Cleanta e Eufrosina. Assim, pretende-se aproximar os modos específicos da comédia no circo-teatro brasileiro com um texto de um autor consagrado, para resgatar o repertório interpretativo cômico do circo-teatro brasileiro e colocá-lo em experiência entre os atores/pesquisadores. (AU)