Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da relação CD4:CD8 em felinos infectados pelo vírus da leucemia felina

Processo: 08/00061-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Mitika Kuribayashi Hagiwara
Beneficiário:Fernanda Fidelis Gonsales
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Patologia clínica

Resumo

A leucemia viral felina é uma doença infecciosa causada por um gammaretrovírus, capaz de se integrar ao DNA do hospedeiro, causando o aparecimento de diferentes condições citoproliferativas ou degenerativas, além de imunossupressão, ao alterar os mecanismos de defesa imune do hospedeiro. Depleção de linfócitos T CD4+ e T CD8+ formação de imunocomplexos e redução dos componentes do sistema complemento são algumas das disfunções citadas. A glicoproteína 70 (gp70) assume papel importante na manutenção da infecção por mediar parte destas alterações, promovendo a depleção de linfócitos T CD4+.A redução dos linfócitos T CD4+ resulta em um decréscimo da relação linfócitos T CD4+/CD8+ na fase inicial da infecção. Com a progressão da doença, há também redução dos linfócitos CD8+. Em gatos, a redução dos linfócitos T CD4+ pode ser indicativa da persistência da infecção e de prognóstico reservado. Assim, a avaliação do perfil de linfócitos CD4+ e de CD8+ em felinos persistentemente infectados, aliada às alterações clínicas pode fornecer subsídios para a formulação do prognóstico bem como para a avaliação do tratamento e "follow up" dos felinos persistentemente infectados.