Busca avançada
Ano de início
Entree

Bicarbonato/dioxido de carbono como fonte de oxidantes biológicos: peroximonocarbonato, ânion radical carbonato e modulação por anidrase carbônica

Processo: 05/56925-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Ohara Augusto
Beneficiário:Daniel Fernando Trindade
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/09097-5 - Oxidantes derivados do óxido nítrico: fundamentos e potenciais aplicações em inflamação/infecção, AP.TEM
Assunto(s):Estresse oxidativo   Radicais livres

Resumo

Resultados recentes de nosso e de outros grupos de pesquisa evidenciaram que o par bicarbonato/dióxido de cartono, além do eficiente tamponamento dos fluidos biológicos, pode atuar como fonte de espécies oxidantes. Dentre essas destacam-se o ânion radical carbonato (Bonini et al, JBC, 1999; Bonini et al JBC, 2004) e o ânion peroxicarbonato que propusemos mais recentemente em sistemas biológicos (Trindade et al FRBM, 36 S39, 2004) e que já fora descrito na literatura Química (Richardson et al, JACS, 2002). Neste projeto, pretendemos contribuir para a melhor compreensão da formação biológica do ânion peroximonocarbonato e de sua reatividade com biotióis. Também, pretendemos examinar a possibilidade do ânion peroximonocarbonato (um oxidante via 2 elétrons) ser reduzido ao ânion radical carbonato (um oxidante via 1 elétron) por redutores biológicos como NAD(P)H, Fe(ll)/ADP e catecolaminas. Finalmente, abordaremos uma relação pouco compreendida, àquela entre deficiência em anidrase carbônica e estresse oxidativo. Microorganismos deficientes em anidrase carbônica e suscetíveis a estresse oxidativo têm sido relatados esporadicamente mas não explorados mecanísticamente. O grupo da Profa. S. L. Gomes do Instituto de Química caracterizou recentemente um mutante desse tipo e juntos, pretendemos abordar a associação entre anidrase cartiônica e estresse oxidativo que, provavelmente, reflete como a enzima modula a produção de oxidantes derivados do par bicarbonato/dióxido de carbono. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.