Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito agudo do peptídeo-1 semelhante ao glucagon (GLP-1) sobre o trocador na+/h+nhe3 em tecido renal de ratos

Processo: 08/57327-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2008
Vigência (Término): 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Adriana Castello Costa Girardi
Beneficiário:Felipe Theocharides Oricchio
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/52945-8 - Importância do peptídeo semelhante ao glucagon 1 (GLP-1) na manutenção do volume extracelular: abordagem funcional, farmacológica e molecular, AP.JP
Assunto(s):Incretinas   Função renal

Resumo

O trocador NHE3 é uma proteína de transporte responsável por grande parte da reabsorção de NaCI e NaHCO3 em túbulos proximais renais. A atividade do NHE3 é modificada por meio de uma série de mecanismos moleculares, dentre os quais a formação de complexos com outras proteínas. Estudos prévios demonstraram que NHE3 encontra-se associado com a enzima dipeptidil peptidase IV (DPPIV). Experimentos realizados in vitro e in vivo mostraram que inibidores específicos da DPPIV reduzem a atividade do NHE3 em cerca de 50%. Explicamos o mecanismo peto qual a DPPIV modula o trocador NHE3 por meio da seguinte hipótese: a atividade da DPPIV pode ser responsável pela degradação de um ou mais peptídeos que inibem a atividade de NHE3. Portanto, ao inibir-se a atividade catalítica desta peptidase, aumentar-se-ia a meia-vida deste(s) suposto(s) peptídeo(s) e consequentemente, NHE3 teria sua atividade reduzida. Dados recentes da literatura sugerem que o peptídeo-1 semelhante ao glucagon (GLP-1), substrato da DPPIV, promove natriurese em humanos devido à diminuição da reabsorção de sódio acompanhada do decréscimo da secreção de hidrogênio. Fundamentando-se nestes dados, apontamos o peptídeo GLP-1 como um candidato potencial para mediar a interação funcional entre o trocador NHE3 e a DPPIV. Neste projeto pretendemos investigar o efeito agudo do GLP-1 sobre a função renal de ratos, verificar se este peptídeo exerce efeito inibitório sobre a atividade do trocador NHE3 e determinar os mecanismos de regulação pós-tradução do trocador NHE3 responsáveis por mediar este possível efeito. (AU)