Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do hormonio juvenil na expressao genica: analise do padrao eletroforetico proteico das glandulas de veneno de "apis mellifera" (hymenoptera, apidae) durante o desenvolvimento e ciclo secretor.

Processo: 00/14308-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2001
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Fisiologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Regina Lúcia Morelli Silva de Moraes
Beneficiário:Thaisa Cristina Roat
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Apis mellifica   Hormônio juvenil em insetos

Resumo

O hormônio juvenil (HJ) é produzido pelos corpora allata dos insetos, impede a metamorfose modulando a ação de ecdisteróides durante a muda (RIDDIFORD & TRUMAN, 1993) Em Apis melliera, além disso, tem importante papel na diferenciação de castas, bem como na fisiologia dos adultos (REMBOLD, 1976). Na diferenciação de castas, um maior nível de HJ, a partir do 3º dia de vida larval, leva ao desenvolvimento de uma rainha (MANE e REMBOLD, 1977). Fisiologicamente, os títulos de HJ são maiores nas rainhas que nas operárias e, nestas, aumentam conforme aumenta a idade (ROBINSON et al., 1987). Experimentos realizados com abelhas tratadas com análogo do HJ demonstraram que estas antecipavam o início da atividade de forrageamento, indicando que o HJ tem um importante papel na maturação fisiológica dos insetos (PLATTNER et al., 1997), a qual mantêm uma estreita relação com o sistema glandular exócrino. A ausência de inervação nas glândulas exócrinas tem sido considerada um indicador de que estes órgãos possuem um controle hormonal e por isso tem sido testada a ação deste hormônio sobre algumas destas glândulas. Desta forma, o objetivo do presente estudo será a avaliação dos efeitos do hormônio juvenil aplicado topicamente em larvas de operárias e em operárias recém emergias, sobre o teor proteico total e o perfil eletroforético das glândulas de veneno de operárias e rainhas viagens e fecundadas de Apis melífera. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: