Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do programa mcmc/mcef para estudos de reacoes de espalacao visando aplicacoes em reatores hibridos.

Processo: 03/00527-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2003
Vigência (Término): 30 de abril de 2005
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Nuclear
Pesquisador responsável:Airton Deppman
Beneficiário:Sergio Anefalos Pereira
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Modelo de cascata intranuclear

Resumo

A associação de um acelerador de partículas a um meio multiplicador de nêutrons, que forma o que é chamado de Reator Híbrido, assim como a utilização do ciclo de combustível Tório-Urânio, parece oferecer interessantes soluções para se resolver os dois principais problemas com a energia nuclear (segurança e geração de rejeitos radioativos). Essencialmente, um reator híbrido consiste em bombardear uma mistura baseada em chumbo líquido (ou outros materiais) utilizando um acelerador de partículas. O sistema utiliza um acelerador de prótons para produzir uma fonte de nêutrons no reator (sub-crítico) por meio de reações do tipo espalação ("spallation"). Propomos análise detalhada na área na área de espalação, com o acoplamento do código MCMC/MCEF para interações nucleares no código LCS (LAHET Code System), validação dos resultados calculados e o impacto das possíveis alterações no MEA, conceito híbrido previamente proposto. Este modelo pode ser considerado mais realista e em função destes resultados será realizado uma análise detalhada das diversas opções de alvos em função da energia da partícula incidente, composição e geometria do alvo. Após estas análise realizaremos os cálculos de queima de combustível, analisando seu comportamento durante a operação do reator. (AU)