Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da toxicidade aguda e crônica do glifosato em diferentes formulações para os peixes guaru (Phallocerus caudimaculatus) e Mato-Grosso (Hyphessobrycon eques)

Processo: 08/50560-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Claudinei da Cruz
Beneficiário:Patricia Cubo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Poluição da água   Toxicidade crônica   Toxicidade aguda   Qualidade da água   Macrófitas   Glifosato   Peixes

Resumo

As macrófitas aquáticas exercem um papel importante no ecossistema aquático, pois estão intimamente relacionadas ao metabolismo dos ecossistemas, na ciclagem de nutrientes e na manutenção da biodiversidade aquática, porém devido à ação antrópica, estas plantas têm desenvolvido densas e extensas colonizações causando prejuízos ambientais e econômicos. O controle químico de macrófitas aquáticas pode ser utilizado com produtos herbicidas, porém estes podem gerar impactos negativos ao ambiente aquático. Outra forma destes produtos atingirem este ambiente é pela lixiviação de áreas agrícolas. Dentre os herbicidas um dos mais utilizados é o glifosato que possui várias formulações ainda não completamente estudadas quanto aos efeitos ecotoxicológicos para organismos não-alvos, especialmente os aquáticos, Há poucos estudos em relação às respostas biológicas dos organismos neotropicais expostos a herbicidas como o glifosato e suas formulações com surfactantes. Assim, este projeto tem como objetivo determinar a toxicidade aguda CL(I)50;96h e crônica do herbicida glifosato nas formulações Roundup® Original, Roundup® Transorb, Trop® e Roundup Ready® para os peixes guaru (Phallocerus caudimaculatus) e mato grosso (Hyphessobrycon eques) e a avaliar as variáveis da qualidade de água (pH, oxigênio dissolvido e condutividade elétrica) durante os testes de toxicidade aguda e crônica. (AU)