Busca avançada
Ano de início
Entree

Flora e distribuição ambiental das comunidades de macroalgas de ambientes lóticos do Parque Nacional da serra do Itajaí, município de Blumenau, Santa Catarina

Processo: 07/58551-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Pesquisador responsável:Ciro Cesar Zanini Branco
Beneficiário:Natália Rodrigues Guimarães
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Biodiversidade   Riachos   Macroalgas   Santa Catarina   Floresta ombrófila densa

Resumo

O presente projeto de pesquisa é proposto com os seguintes objetivos principais: i) Conhecer a composição florística das comunidades de macroalgas de ambientes lóticos de uma unidade de conservação, Parque Nacional da Serra de Itajaí, onde o bioma da Floresta Ombrófila Densa é o principal elemento paisagístico; ii) Reconhecer aspectos dos padrões de distribuição ambiental e estruturação dessas comunidades, com particular interesse nas relações de riqueza, abundância com variáveis ambientais selecionadas; iii) Comparar e discutir informações sobre a composição florística e o padrão de distribuição encontra para as comunidades da área de estudo com dados obtidos para outros biomas, particularmente aqueles localizados na região sul do país; iv) No sentido mais amplo, fornecer dados adicionais sobre a pouco conhecida biodiversidade de algas continentais brasileiras, além de disponibilizar informações sobre o potencial de aplicação das comunidades de macroalgas como indicadoras do estado de preservação de ambientes aquáticos em áreas de conservação; v) E, finalmente, gerar subsídios e coletar material para futuros estudos taxonômicos e sistemáticos mais detalhados, incluindo técnicas mais modernas como microscopia eletrônica e biologia molecular, de grupos macroalgais específicos (particularmente, as algas verdes filamentosas, as algas vermelhas e as cianobactérias). (AU)