Busca avançada
Ano de início
Entree

Analise de diversidade dos genes de patogenicidade avr e hrp em "xanthomonas" patogenicas a citros.

Processo: 01/06752-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2001
Vigência (Término): 30 de junho de 2003
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Julio Rodrigues Neto
Beneficiário:Mariana Ferreira Tonin
Instituição-sede: Instituto Biológico (IB). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:99/12598-9 - Bioecologia de Xanthomonas axonopodis pv. citri, agente causal do cancro cítrico no estado de São Paulo, AP.TEM
Assunto(s):Xanthomonas axonopodis   Análise do polimorfismo de comprimento de fragmentos amplificados   Cancro (doença de planta)   Bactérias fitopatogênicas

Resumo

O Cancro Cítrico causado pela bactéria Xanthomonas axonopodis pv. citri é uma doença de grande importância econômica para diversos países produtores de citros. Além deste patógeno, X.a. pv. aurantifolii, estirpes B e C são responsáveis pelas Cancroses do tipo B e C, respectivamente. Uma vez que a forma de controle do cancro cítrico adotada legalmente no país consiste na erradicação das plantas infectadas, a rapidez e precisão no diagnóstico são cruciais para que medidas de controle sejam tomadas. Dados de literatura mostram que genes de patogenicidade como avr e hrp são conservados em nível infra-específico, inter-específico e inter-genérico. O presente estudo fará parte de um dos Sub-projetos do Proj. Temático "Bioecologia de Xanthomonas axonopodis pv. citri, agente causal do Cancro Cítrico no Estado de São Paulo" (Proc. FAPESP no. 99/12598-9) e terá por objetivo analisar a distribuição dos genes avr e hrp em linhagens deste grupo, isoladas de diferentes regiões geográficas do Estado, de outros Estados e de outros países, através da técnica de PCR-RFLP. A investigação destes genes entre linhagens das espécies X.a. pv. citri (patogênica a uma ampla gama de citros) e X.a. pv. aurantifolii (patogênica apenas ao limão Galego) poderá ser de fundamental importância inclusive, nas pesquisas relacionadas ao Projeto Genoma/Funcional de X. axonopodis pv. citri, além de contribuir na rápida e precisa identificação e monitoramento epidemiológico deste patógeno. (AU)