Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do comportamento de agressividade em ratos expostos ao cádmio e a cafeína

Processo: 08/58319-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Antonio Francisco Godinho
Beneficiário:Renan Pereira de Souza
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Comportamento animal   Ratos   Comportamento agressivo   Neurotoxicidade   Cádmio   Cafeína

Resumo

Estudos recentes mostram que o metal pesado cádmio (Cd) além de ser um carcinogênico humano, provoca danos hepáticos, renais, pulmonares e neurocomportamentais, sendo esta intoxicação importante sob o ponto de vista toxicológico. A cafeína é um alcalóide conhecido pela sua ação estimulante sendo consumida em larga escala por vários segmentos da população mundial. Parte dos efeitos de ambos, cádmio e cafeína, são desencadeados por ação em uma estrutura celular comum, o receptor A1 da adenosina. O objetivo deste trabalho é avaliar a agressividade de ratos expostos ao cádmio e à cafeína concomitantemente. Serão utilizados ratos Wistar machos adultos, provenientes do Biotério Central da Unesp, os quais serão divididos em 2 grupos experimentais: A animais intrusos (sem tratamento) e B - animais residentes. Os residentes receberão um dos tratamentos a seguir: 1- animais controle (nenhum tratamento); 2 - animais expostos ao acetato de cádmio (solução a 150 ppm de Cd na água de beber); 3 - animais expostos à cafeína (solução a 10 ppm de cafeína na água de beber); 4 - animais expostos concomitantemente ao cádmio e à cafeína. O comportamento de agressividade dos animais residentes será avaliado após 4 semanas de tratamento, baseado no paradigma do animal residente/intruso. Durante o período, o peso corporal dos animais, o volume de líquido e a ingesta de ração serão medidos semanalmente. Após a avaliação do comportamento de agressividade, os animais serão sacrificados e o cérebro será colhido para dosagem de Cd por espectrofotometria de absorção atômica. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.