Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e avaliação quali e quantitativa de análogos do ácido aminossalicilico, potencialmente tuberculostático

Processo: 02/09257-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2002
Vigência (Término): 31 de outubro de 2003
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Márcia da Silva
Beneficiário:Cristiane Cardoso Correia Teixeira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Síntese de fármacos   Antituberculosos   Ácido aminossalicílico   Tuberculose   Mycobacterium tuberculosis   Método de Topliss

Resumo

A tuberculose (TB), doença infecto-contagiosa, comumente, causada pelo Mycobacterium tuberculosis está, novamente, tomando-se um problema sério de Saúde Pública face à notória elevação da incidência e prevalência em todo mundo. A quimioterapia é a mais eficiente medida de controle da TB, mas os fármacos antibacterianos disponíveis nem sempre se mostram eficazes, fazendo-se necessária a busca de novos fármacos. Utilizando a metodologia de Topliss, é possível por meio de síntese de reduzido número de compostos obter-se análogo de melhor potência em curto tempo. Análogos do ácido p-aminossalicilico serão sintetizados/segundo a referida metodologia; testados in vitro contra cepa de Mycobactérium e analisados parâmetros quantitativos que possam interferir na atividade dos análogos, potencialmente, menos tóxicos e mais potentes - reduzindo o tempo de tratamento, diminuindo assim o abandono do tratamento e a consequente resistência bacteriana. (AU)