Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da resistência insulínica, intolerância a glicose, perfil síndrome matabolica e função de células delta pancreáticas em poetadoras de síndrome de ovários policísticos: comparação entre..

Processo: 08/57640-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Paula Andrea de Albuquerque Salles Navarro
Beneficiário:Lucas Gabriel Maltoni Romano
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Perfil lipídico   Resistência à insulina   Síndrome metabólica

Resumo

Introdução: A síndrome dos ovários policísticos (SOP) pode estar associada a eventos metabólicos adversos, incluindo a obesidade, resistência insulínica, dislipidemia e Síndrome Metabólica (SM), que aumentam o risco para doença cardiovascular e cuja prevalência é bastante variável, na dependência da população estudada. Devido à alta prevalência e morbidade associada a essa síndrome é imperativo identificar grupos de maior risco e estabelecer estratégias individualizadas de intervenção, no sentido de minimizar as complicações que as portadoras de SOP potencialmente estão sujeitas. Objetivos: Primário: avaliar a resistência insulínica, intolerância à glicose, perfil lipídico, síndrome metabólica e a função das células p pancreáticas de portadoras de SOP, comparando obesas e não obesas. Secundário: caracterizar a população estudada segundo as seguintes variáveis: idade, idade da menarca, infertilidade, regularidade menstrual, hiperandrogenismo clínico, volume ovariano, número médio de folículos antrais e níveis séricos hormonais, definindo diferentes fenótipos relacionados à SOP na população estudada. Metodologia: Será realizado um estudo transversal no qual serão avaliadas todas as pacientes com SOP, diagnosticas no Ambulatório de Ginecologia Endócrina de um hospital terciário da região sudeste, de janeiro de 2004 a outubro de 2008. Pacientes com índice de massa corporal (IMC) maior ou igual a 30 kg/m2 serão consideradas SOP obesas e com valores de IMC menores que este limite, SOP não-obesas. Serão utilizadas a glicemia e a insulina de jejum para cálculo da função das células p pancreáticas (HOMA-%?-Cell) e da resistência à insulina (HOMA-IR e QUICKI) entre os grupos. Serão analisados as seguintes variáveis: circunferência da cintura, idade, idade da menarca, infertilidade, regularidade menstrual, hiperandrogenismo clinico (acne, alopecia, hirsutismo), volume ovariano, número médio de folículos antrais, glicemia após teste de tolerância oral à glicose, níveis de colesterol total, triglicerídeos, HDL e LDL-colesterol e níveis séricos hormonais (LH, FSH, PRL, testosterona e -DHEAS). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANDERSON SANCHES MELO; CAROLINA SALES VIEIRA MACEDO; LUCAS GABRIEL MALTONI ROMANO; RUI ALBERTO FERRIANI; PAULA ANDREA DE ALBUQUERQUE SALLES NAVARRO. Mulheres com síndrome dos ovários policísticos apresentam maior frequência de síndrome metabólica independentemente do índice de massa corpóreo. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, v. 34, n. 1, p. 4-10, Jan. 2012.
MELO, ANDERSON SANCHES; VIEIRA, CAROLINA SALES; ROMANO, LUCAS GABRIEL MALTONI; FERRIANI, RUI A.; NAVARRO, PAULA A. The Frequency of Metabolic Syndrome is Higher Among PCOS Brazilian Women With Menstrual Irregularity Plus Hyperandrogenism. REPRODUCTIVE SCIENCES, v. 18, n. 12, p. 1230-1236, DEC 2011. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.