Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de sistema de irrigação por gotejamento subsuperficial com a utilização de efluente de sistema de tratamento de esgoto por lagoa de estabilização na cultura da cana-de-açúcar

Processo: 08/03498-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Água e Solo
Pesquisador responsável:Adolpho José Melfi
Beneficiário:Adriano Lênin Cirilo de Carvalho
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/14315-4 - Uso de efluentes de esgotos tratados por processos biológicos (lagoas de estabilização e reatores UASB/lodos ativados) em solos agrícolas, AP.TEM
Assunto(s):Águas residuárias   Cana-de-açúcar   Irrigação

Resumo

Devido a crescente preocupação com a geração dos resíduos provenientes das estações de tratamento de esgoto, a aplicação em solos agrícolas tem se mostrado uma alternativa bastante atraente. Várias pesquisas estão sendo desenvolvidas com a finalidade avaliar os benefícios dessa aplicação e os verdadeiros impactos tanto no meio ambiente com na saúde pública. Entretanto as necessidades tecnológicas para o desenvolvimento dessa prática devem ser supridas propiciando uma aplicação dos resíduos de forma segura e eficiente. A irrigação é o veiculo condutor do efluente para as culturas, suas potencialidades e limitações ainda são muito pouco conhecidas no Brasil, quando se trata de águas residuárias. A irrigação por gotejamento subsuperficial embora tenha a grande vantagem de aplicar a água diretamente na zona radicular da cultura, evitando derivação do líquido e assim minimizando os riscos à saúde, tem grande potencialidade ao entupimento tanto de natureza biológica como física e química. Dentro desse contexto torna-se necessário avaliar o desempenho do sistema de irrigação por gotejamento subsuperficial, monitorando a vazão do sistema ao longo do ciclo da cultura, além de estabelecer técnicas de manejo adequadas. A pesquisa será realizada em área de cultivo de cana-de-açúcar, irrigada por sistema de irrigação por gotejamento subsuperficial, com diferentes lâminas de efluente de estação de tratamento de esgoto (EETE).O estudo proposto encontra-se inserido no projeto temático FAPESP (processo no 04/14315-4) "Uso de efluentes de esgotos tratados por processos biológicos (lagoas de estabilização e reatores UASB/lodos ativados) em solos agrícolas", cujo objetivo geral é estudar a viabilidade de utilização, de forma sustentável, de efluentes de esgoto tratados (EETs) por processos biológicos e desinfetados por meio de cloração e radiação ultravioleta (UV), na agricultura.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.