Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do abacaxi minimmente processado em três diferentes embalagens

Processo: 00/11924-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2001
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Benedito Carlos Benedetti
Beneficiário:Leon Burkowski dos Reis
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Abacaxi   Alimentos minimamente processados

Resumo

O projeto tem como objetivo definir condições adequadas que permitam o prolongamento da vida útil do abacaxi minimamente processado. As condições serão avaliadas através de propriedades físico-químicas do abacaxi em três embalagens para melhor acondicionamento e conservação da fruta minimamente processada. O processamento mínimo torna as frutas e hortaliças mais perecíveis do que antes do corte. Na comercialização desses produtos a embalagem é, portanto, um requisito essencial para a manutenção da qualidade. As determinações físico-químicas serão representadas pelo monitoramento da taxa respiratória, síntese de etileno e da atividade enzimática (PPO), avaliação da textura, perda de matéria fresca, cor\pH, sólidos solúveis total e acidez total titulável. Antes da escolha das embalagens, será primeiramente analisada a taxa respiratória da fruta. A etapa seguinte será feita uma análise de cada embalagem com relação à sua permeação aos gases e a taxa respiratória do abacaxi. (AU)