Busca avançada
Ano de início
Entree

Escolha em Abelhas Melipona quadrifasciata)

Processo: 08/11444-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Deisy das Graças de Souza
Beneficiário:Tathianna Amorim Souza Montagnoli
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Melipona quadrifasciata   Comportamento de escolha

Resumo

Estudos com animais têm sido conduzidos pelos analistas do comportamento a fim de compreender variáveis envolvidas em processos comportamentais básicos partilhados com o homem. Com abelhas, tais estudos concentram-se na compreensão de fenômenos como a memória, a aprendizagem respondente e de discriminações visuais. Estes últimos, sobre controle de estímulos, enfatizam os aspectos envolvidos no papel do ambiente como condição antecedente ao comportamento. A outra ponta de uma relação operante, que envolve a compreensão do papel seletivo da conseqüência sobre a força da resposta, tem sido pouco investigada utilizando abelhas como sujeitos experimentais. Uma das maneiras possíveis de se investigar tais relações é analisando o comportamento de escolha desses organismos. Para esse tipo de investigação, utiliza-se a Lei Generalizada de Igualação que prevê uma distribuição da respostas do organismo entre esquemas de reforçamento concorrentes de forma que a freqüência relativa de respostas tenda a se igualar à freqüência relativa de reforços produzidos, levando em consideração uma medida de preferência prévia a um dos esquemas e uma medida de sensibilidade à distribuição de reforços. Pensando na ausência de estudos sobre o tema tendo abelhas como sujeitos experimentais e considerando as particularidades desses animais em relação ao estímulo reforçador e às condições de alojamento e operante livre, o presente estudo pretende investigar, utilizando um equipamneto automático, o comportamento de escolha e a sensibilidade às conseqüências de 10 abelhas da espécie Melipona quadrifasciata diante de dois esquemas de reforçamento concorrentes de intervalos variáveis diferentes. Tais intervalos serão alterados em diferentes condições experimentais ao longo do estudo e os resultados serão analisados levando-se em consideração a quantidade de respostas e reforços obtidos em cada esquema, como descreve a Lei Generalizada de Igualação.