Busca avançada
Ano de início
Entree

A diversidade morfológica da ictiofauna de riachos reflete a qualidade do habitat?

Processo: 08/05652-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Zoologia Aplicada
Pesquisador responsável:Lilian Casatti
Beneficiário:Paulo Sérgio de Souza Filho
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Morfologia animal   Habitat   Ictiologia   Ictiofauna

Resumo

A ecomorfologia é definida como o estudo das relações entre morfologia e aspectos ecológicos do meio, buscando-se padrões adaptativos particulares que explicam a ocorrência da espécie em determinado hábitat. Em riachos, esta relação pode ser perturbada pela ação humana, principalmente na forma da simplificação estrutural do hábitat interno, esta representando um processo comumente observado na região noroeste paulista. No presente estudo será investigado se a diversidade morfológica da ictiocenose aumenta conforme a integridade do hábitat. Serão calculados 13 índices morfológicos de 35 espécies de peixes coletadas em oito riachos com diferentes graus de conservação. Esses índices serão empregados em uma Análise dos Componentes Principais (ACP), cuja representação gráfica dos dois primeiros eixos indicará o espaço morfológico ocupado pela comunidade de cada riacho. Posteriormente, o espaço morfológico de cada riacho será interpretado segundo asa curvas de abundância e biomassa (estatística W) e será correlacionado com os índices de qualidade física e química. (AU)