Busca avançada
Ano de início
Entree

A construção do clown e seu papel terapêutico - estudo prático sobre a inserção do clown na cidade de saltinho, no Estado de São Paulo, e seu impacto sobre o estresse rural

Processo: 03/04313-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2004
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2004
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Teatro
Pesquisador responsável:Suzi Frankl Sperber
Beneficiário:Diego Elias Baffi
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

A origem do clown remonta a duas fontes principais: a tradição de tribos indígenas e aos bobos da corte da Idade Média. Do primeiro, permanece em nossa cultura a visão quase mítica do clown - a ele é permitido evidenciar, impune, o ridículo da própria sociedade. Do segundo, encontramos o desenvolvimento daquela que talvez seja a primeira ligação entre a figura do "sábio feiticeiro" com a arte. Herdeiros dessa tradição, "mestres" contemporâneos da linguagem do clown como Philippe Gaulier, Sue Morrisson, Nani e Leris Colombaioni, vieram a influenciar diretamente o desenvolvimento das metodologias de trabalho sobre o clown dos grupos LUME - Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da UNICAMP - e Seres de Luz Teatro. Através de um treinamento sistemático e cotidiano, apoiado nas pesquisas desenvolvidas por estes grupos teatrais, este projeto pretende investigar a construção do clown pessoal e itinerante, e sua inserção em uma comunidade desassistida culturalmente e acometida pelo "estresse rural" - a comunidade de Saltinho - SP. (AU)