Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise imuno-histoquímica da expressão da proteína p21ras, do gene supressor tumoral TP53 e proteína bcl-2 em lesões pré-neoplásicas e neoplásicas observadas em ensaio de carcinogênese química de média duração

Processo: 01/00685-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2001
Vigência (Término): 30 de abril de 2002
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:João Lauro Viana de Camargo
Beneficiário:Aline Lisie Ramos
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Carcinógenos químicos   Imuno-histoquímica   Genes p53   Genes ras   Proteína supressora de tumor p53   Genes bcl-2   Modelos animais de doenças

Resumo

Trabalhos recentes suportam a hipótese de que o desenvolvimento de neoplasias quimicamente induzidas está relacionado à ação deletéria de carcinógenos químicos sobre genes que desempenham papel importante na regulação dos processos de proliferação, diferenciação e morte celular. Dentre eles destacam-se genes da família RAS, gene supressor tumoral TP53 e o oncogene BCL-2. Entretanto, a maioria dos estudos nessa linha limita-se à análise de mutações através de metodologias de Biologia Molecular baseadas em PCR e seqüenciamento gênico, sem, contudo, apresentar informações sobre a situação da expressão dos genes citados no contexto de carcinogênese química. O presente trabalho se propõe avaliar expressão das proteínas p21ras, p53 e bcl-2 em fígado, rins e cólon de ratos Wistar machos submetidos ao protocolo de carcinogênese química de média duração para múltiplos órgãos (ensaio DMBDD). Será empregada técnica imuno-histoquímica baseada no protocolo Avidina-Biotina-Peroxidase (ABC). Os núcleos p53 positivos e células expressando as oncoproteínas p21ras e bcl-2 serão quantificados em lesões pré-neoplásicas e neoplásicas e comparadas com a marcação em regiões normais de animais tratados e controles. Os dados obtidos serão avaliados em cada um dos grupos experimentais e de acordo com a topografia das lesões (fígado, rim e cólon). (AU)