Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade molecular do envelope do vírus linfotrópico de células t humanas Tipo II (HTLV-II) em amostras inderteminadas pelo teste as pelo teste western-blot

Processo: 05/55528-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2006
Vigência (Término): 30 de junho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Jorge Simão do Rosário Casseb
Beneficiário:Ingrid Olah Do Nascimento
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sorologia   Sequenciamento   Imunidade

Resumo

Apesar do Vírus Linfotrópico de Células T Humanas do tipo II (HTLV-II) ser considerado pouco patogênico, o diagnóstico sorológico é importante para aconselhamento e acompanhamento. O teste confirmatório mais usado ó Western-Blot (WB). Em populações de alto risco, cerca de 50% dos resultados são indeterminados pelo WB. Em nosso estudo prévio, cerca de metade das amostras indeterminadas pelo WB, foram testadas pela técnica de PCR (Reação em cadeia de polimerase), sendo identificados como infecção pelo HTLV-II. Sequenciar a região do envelope viral e comparar com as seqüências utilizadas no kit comercial de WB. O grupo I: 20 positivos para o teste de WB (Controle); grupo II: 39 pacientes confirmados pelo teste de WB como indeterminados. O estudo da variabilidade genética do envelope permitirá identificação da região do envelope viral, que poderá ser útil para melhorar os testes sorológicos para HTLV. (AU)