Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos possíveis efeitos embriotóxicos do veneno da cascavel (Crotalus durissus terrificus)

Processo: 00/10289-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2000
Vigência (Término): 30 de novembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Maria Martha Bernardi
Beneficiário:Renata Simões
Instituição-sede: Instituto de Ciências da Saúde (ICS). Universidade Paulista (UNIP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Teratogênese   Crotalus durissus terrificus   Venenos

Resumo

O envenenamento durante a gestação por venenos de serpentes é um problema muito pouco estudado, não por falta de importância do assunto, porém pela escassez de pesquisadores interessados na área. Recentemente, em nossos laboratórios, foram estudados os efeitos da exposição de camundongos ao veneno da Bothrops jararaca e os resultados mostraram a ocorrência de embriotoxicidade na prole dos animais. Neste trabalho pretende-se estudar os efeitos embriotóxicos da exposição de camundongos durante o período de implantação e no início da organogênese ao veneno da Crotalus durissus terrificus (cascavel), desde, que esta espécie de serpente é causadora de maior número de acidentes fatais e segunda em número de acidentes. Para tanto, camundongos prenhes receberão respectivamente, nos dias 4 da gestação, a DL10% do veneno. Durante a gestação as fêmeas serão pesadas, e o consumo de água e ração medidos. Na 21° dia da gestação as fêmeas serão submetidas, a laparotomia e avaliadas quanto a sua performance reprodutiva enquanto suas proles serão analisadas quanto ao desenvolvimento ósseo e visceral. (AU)