Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da instabilidade social no efeito amnésico da privação de sono paradoxal avaliada em três diferentes testes de memória

Processo: 00/03306-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2000
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2000
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Maria Gabriela Menezes de Oliveira
Beneficiário:Mariangela Dametto
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Memória (psicologia)   Privação de sono

Resumo

A importância do sono paradoxal em processos de memória tem sido analisada em estudos que descrevem a privação desse estágio do sono prejudicando a aquisição de tarefas relacionadas a aprendizagem e memória. Contudo, as técnicas utilizadas para a privação de sono paradoxal são estressantes, sendo que parece haver um estresse relacionado também ao fato de que animais provenientes de diferentes gaiolas são colocados juntos durante a privação de sono paradoxal. Isso pode gerar uma instabilidade social dentro do grupo e influenciar no processo de aquisição de tarefas. Portanto, neste projeto, serão comparados grupos instáveis e estáveis socialmente (privados de sono paradoxal por 96 horas) para se avaliar se a influência desse tipo de estresse pode estar causando um aumento no prejuízo de memória dos animais privados de sono paradoxal. (AU)