Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de proteínas fluorescentes em Lactobacillus sakei 1 bacteriocinogênico e Listeria monocytogenes para visualização da capacidade de adesão em células Caco-2 na presença de prebióticos e, resistência de L. sakei 1 frente a condições que simulem o trato gastrointestinal de humanos

Processo: 07/56365-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2007
Vigência (Término): 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Elaine Cristina Pereira de Martinis
Beneficiário:Bruna Carrer Gomes Malavazi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Bacteriocinas   Listeria monocytogenes   Lactobacillus   Prebióticos   Probióticos

Resumo

Os alimentos funcionais, além de fornecerem a nutrição básica, promovem a saúde por mecanismos não completamente elucidados. Neste contexto destacam-se os probióticos e prebióticos. Dentre os inúmeros benefícios dos probióticos destaca-se a capacidade de inibir a adesão de patógenos no trato gastrintestinal de humanos e animais, por mecanismos ainda não definidos. A ação dos probióticos pode ser potencializada pelos prebióticos, que são compostos não digeríveis que estimulam a multiplicação e a colonização de determinadas espécies de microrganismos no trato gastrintestinal. Os prebióticos também podem conferir benefícios para a saúde do hospedeiro por impedir a adesão de patógenos entéricos na superfície das células epiteliais. Dentre as bactérias capazes de metabolizar os prebióticos, destacam-se as espécies de Lactobacillus e Bifidobacterium. Entretanto, o mecanismo de competição entre culturas probióticas e patógenos na adesão da mucosa intestinal ainda não foi completamente elucidado. O objetivo do presente projeto é avaliar as características probióticas de L. sakei 1, comprovadamente bacteriocinogênico, e avaliar sua ação sobre a adesão in vitro de L. monocytogenes em células do epitélio intestinal de humanos. Para tanto, as cepas utilizadas neste projeto expressarão proteínas fluorescentes por meio da inserção de plasmídeos que contenham o gene da proteína fluorescente. Além disso, será avaliado o efeito de prebióticos comerciais (Inulina e oligofrutose) na adesão destes microrganismos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WINKELSTROETER, LIZZIANE K.; GOMES, BRUNA C.; THOMAZ, MARTA R. S.; SOUZA, VANESSA M.; DE MARTINIS, ELAINE C. P. Lactobacillus sakei 1 and its bacteriocin influence adhesion of Listeria monocytogenes on stainless steel surface. FOOD CONTROL, v. 22, n. 8, p. 1404-1407, AUG 2011. Citações Web of Science: 42.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.