Busca avançada
Ano de início
Entree

Natureza e distribuição da matéria escura em galáxias

Processo: 08/06074-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia
Pesquisador responsável:Vilson Tonin Zanchin
Beneficiário:Christiane Frigerio Martins
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/07148-0 - Gravitação e cosmologia: perturbações, fenomenologia e resultados exatos, AP.TEM
Assunto(s):Matéria escura   Astrofísica de partículas   Dinâmica das galáxias

Resumo

Nos últimos anos foi estabelecido um modelo cosmológico padrão, chamado Lambda Cold Dark Matter (Lambda-CDM), que permite a interpretação da maioria das observações até agora adquiridas. A densidade total de energia do Universo é distribuída na seguinte maneira: cerca 70% na forma de energia escura, cerca 25% na forma de matéria escura, e o restante na forma de partículas já descobertas nos laboratórios. Não obstante os sucessos, este modelo apresenta três grandes dificuldades na comparação com os dados das observações astronômicas: i) a incompatibilidade na distribuição da matéria escura nas galáxias; ii) a discrepância no número de satélites ao redor das estruturas maiores; iii) a hierarquia na formação das estruturas. O objetivo deste projeto é investigar a física fundamental da formação e evolução das estruturas do Universo, através de observações astrofísicas. As novas medidas de dinâmica das galáxias estão permitindo o estudo da distribuição de sua matéria abrindo novas possibilidades para um teste (de precisão) de modelos cosmológicos. A solução dos problemas mencionados poderia envolver ou uma modificação nas leis da gravidade ou uma modificação nas equações da dinâmica da matéria escura usadas até agora. Nos dois anos de trabalho previstos na UFABC, métodos de avaliação destas modificações serão desenvolvidos. (AU)