Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise das alterações biomecânicas ocorridas após 3 meses de treinamento de fortalecimento muscular associado ou não ao equilíbrio

Processo: 07/08082-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Daniela Cristina Carvalho de Abreu
Beneficiário:Fábio Pamplona Mariano
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fisioterapia   Força muscular   Equilíbrio postural   Menopausa   Reabilitação (terapêutica médica)   Biomecânica

Resumo

As fraturas por osteoporose aumentam os riscos de morbidade e mortalidade, principalmente quando relacionadas a fraturas de quadril. As quedas são as principais causas dessas fraturas, sendo que alterações biomecânicas, como diminuições da força muscular, da mobilidade articular, alterações posturais, predispõem os indivíduos a quedas. As pesquisas têm mostrado que a atividade física consegue aumentar a força muscular e a estabilidade postural de pessoas submetidas a exercícios físicos. Este plano de pesquisa tem o objetivo de avaliar o efeito de protocolos envolvendo exercícios de fortalecimento muscular associados ou não a exercícios de equilíbrio sobre a estabilidade postural e força muscular em mulheres pós-menopausais. Serão recrutadas 30 mulheres sedentárias pós-menopausais, entre 60 a 71 anos de idade, as quais serão divididas em dois grupos: Grupo 1 (n=15) que envolverá exercícios de fortalecimento muscular e o Grupo 2 (n=15) envolverá exercícios de fortalecimento muscular e de equilíbrio. Os tratamentos serão realizados 2 vezes por semana, durante 3 meses. Todas as mulheres serão avaliadas quanto ao equilíbrio estático através do equipamento Polhemus e do equilíbrio dinâmico por meio dos testes "Timed up and go" e de equilíbrio de Berg. Avaliação de força muscular com base no método de uma repetição máxima também será realizada. As avaliações serão aplicadas no início e após 3 meses. Com o estudo, espera-se observar qual protocolo de exercício físico promove melhores resultados sobre a força muscular e o equilíbrio postural, uma vez que este último sofre influência do sistema muscular. (AU)