Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo e caracterizacao eletroquimica de novos tipos de acos inoxidaveis aplicados em implantes ortopedicos.

Processo: 00/08326-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2000
Vigência (Término): 30 de novembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Silvia Maria Leite Agostinho
Beneficiário:Ruth Flavia Vera Villamil Jaimes
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aço inoxidável   Corrosão

Resumo

O projeto tem como objetivo caracterizar efetroquimicamente materiais ferrosos (aços austeníticos) empregados em implantes ortopédicos. É de grande importância este estudo, em virtude dos diferentes tipos de corrosão que tais materiais podem apresentar em contato com fluidos biológicos. A corrosão, neste caso, pode comprometer o organismo provocando, por exemplo, alergias, intoxicações, queda da capacidade imunológica, hiper coagulação do sangue, ruptura do material empregado no implante. Por outro lado, o emprego de aços inoxidáveis, em lugar de ligas de titânio, mais inertes, continua a ser feito em virtude do seu baixo custo. Neste estudo serão caracterizados aços NBR 316 L, (AISI 316 L), ASTM F 138 e NBR 5832 -9 contendo, este, diferentes teores de nióbio. Os estudos serão feitos fazendo-se variar o pH, a força iônica e a temperatura do meio, empregando fluidos que simulem fluidos biológicos humanos. Serão realizados ensaios potenciostáticos, por impedância eletroquímica, por espectroscopia Raman "in situ" e por microscopia óptica e eletrônica de varredura com a finalicadade de caracterizar estes materiais em relação aos principais tipos de corrosão mais freqüentes, por pite, frestas, interqranular e galvânica. (AU)