Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanoestruturas de Sn02: caracterização elétrica, magnética e fabricação de dispositivos baseados em nanofitas e filmes finos de óxido de estanho puros e dopados

Processo: 05/59107-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2006
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2008
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Edson Roberto Leite
Beneficiário:Alexandre José de Castro Lanfredi
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14324-0 - Multidisciplinary Center for Development of Ceramic Materials, AP.CEPID
Assunto(s):Sensores de gases

Resumo

Nesse projeto de pesquisa, pretende-se estudar algumas propriedades físicas de sistemas eletrônicos de baixa dimensionalidade baseados em nanofitas e em filmes cerâmicos ultrafinos de estanho puros e dopados com índio e/ou manganês. Dentre as propriedades físicas, os mecanismos de condução e os processos de espalhamento de portadores nestes sistemas poderão ser obtidos usando experimentos de transporte, apoiados por experimentos ópticos e de caracterização estrutural. Pretende-se investigar também, a influência da desordem estrutural nos processos de transporte, com o objetivo de procurar subsídios para o entendimento dos processos físicos envolvidos e para possíveis aplicações destas estruturas em dispositivos eletrônicos e opto-eletrônicos. Através de medidas magnéticas, pretende-se também estudar a influência da dopagem de manganês nas propriedades magnéticas das amostras obtidas. Um dos pontos chave das investigações propostas neste projeto é o estudo do regime de transporte apresentado pelas nanofitas e também pelos filmes ultrafinos e suas ligações com a dimensionalidade das estruturas. Ainda, espera-se contribuir para o processo de obtenção das amostras voltado para a produção de dispositivos eletrônicos como transistores ou sensores através da obtenção de subsídios científicos e desenvolvimento de tecnologia dedicada. (AU)