Busca avançada
Ano de início
Entree

O suporte social e o nível de independência nas atividades cotidianas como influência da qualidade de vida de crianças com paralisia cerebral

Processo: 09/14490-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2010
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Luzia Iara Pfeifer
Beneficiário:Priscila Bianchi Lopes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Paralisia cerebral   Cuidadores   Qualidade de vida   Terapia ocupacional

Resumo

A presente pesquisa visa avaliar a rede de suporte social de pais de crianças com paralisia cerebral e verificar a relação com o nível de independência nas atividades cotidianas dessas crianças, focalizando a qualidade de vida das mesmas, assim como a correlação destes com o nível motor. Participarão desta pesquisa 50 crianças com paralisia cerebral na faixa etária entre 4 e 12 anos e seus pais/ou cuidadores. Para coleta de dados serão utilizados junto aos pais/ou cuidadores o Questionário de Avaliação de Saúde em Crianças (CHAQ), visando avaliar o grau de independência funcional e sua qualidade de vida e, o Questionário de Suporte Social (SSQ), visando avaliar o grau de suporte social recebido pelos pais/cuidados; e junto às crianças será aplicado o GMFCS para identificar o nível motor. Para avaliar a relação entre o suporte social e o nível de independência das crianças nas atividades cotidianas serão feitas comparações dos escores do CHAQ, SSQ e GMFCS através do teste de Wilcoxon.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)