Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação da técnica de duplex RT-PCR na detecção da co-infecção pelo coronavírus grupo 3 (TCoV) astrovírus (TAstV-2) em perus com quadro agudo de enterite

Processo: 07/56252-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Tereza Cristina Cardoso da Silva
Beneficiário:Juliana Bueno de Novais Moretti
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Enterite   Perus (aves)   Coronavirus

Resumo

O objetivo principal da pesquisa será o desenvolvimento cientifico e técnico exigidos para a aplicação estratégica de medidas epidemiológicas quanto à detecção de agentes virais como Coronavírus (TCoV) e Astrovírus (TAstV) em de exploração comercial de perus acometidos de PEMS (Poult Enteritis Mortality Syndrome) pela técnica de duplex RT-PCR. Diante da ausência quase que completa de um sistema de identificação dos principais agentes envolvidos nesta síndrome no Brasil, decidimos detectar os dois agentes virais mais freqüentemente encontrado em lotes, apresentando quadros agudos de entente, desenvolvendo métodos de diagnóstico com a colaboração do centro de referência em Coronavírus - Institute for Animal Health-Compton na Inglaterra. Este estudo será monitorado ao longo de 1 ano nos lotes selecionados, dividido em 7 coletas, realizadas pelo setor de Perus da SADIA em Uberlândia-MG e os materiais clínicos coletados serão soros, swabs cloacais, conteúdo intestinal, fragmentos de intestino delgado, bursa de Fabrícius, timo e baço. Ademais, com o recente episódio da Pneumonia Asiática, os estudos voltados para o entendimento da Coronavirose nos animais aumentaram sensivelmente, visto que de acordo com os hospedeiros envolvidos, agentes virais genotipicamente idênticos apresentam patogenias totalmente adversas. Nesse mesmo sentido, os Astrovírus recém envolvidos em quadros de enterite em animais domésticos, aves e humanos foram detectados pela técnica de RT-PCR em países como USA e Inglaterra. Diante do exposto, estudos que envolvam espécies de interesse comercial e elucidem o status sanitário são, para o Brasil, necessários para aberturas de novos mercados. (AU)