Busca avançada
Ano de início
Entree

Fontes e doses de nitrogenio em mamoneira de porte baixo cultivadas na safrinha em semeadura direta.

Processo: 07/01696-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2007
Vigência (Término): 30 de junho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Carlos Alexandre Costa Crusciol
Beneficiário:Larissa Lozano Teixeira de Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Nutrição mineral de plantas   Plantio direto   Diagnose foliar

Resumo

No final da década de noventa, com a ampliação da demanda por óleo de mamona, devido a utilização industrial pela indústria ricinoquímica, começou uma outra modalidade de cultivo, que tem necessidade de uso de tecnologias modernas para o cultivo em grandes áreas. No caso da mamona pouco se conhece sobre práticas modernas de manejo em relação a adubação nitrogenada, principalmente quando se trata de híbridos de porte baixo, ciclo curto em sistema plantio direto. Diante do exposto o objetivo desse projeto de pesquisa será estudar a influência de fontes e doses de nitrogênio na produtividade da mamoneira de porte baixo e as perdas de N por volatilização de amônia quando da aplicação superficial no sistema plantio direto em cultivo de safrinha. O projeto de pesquisa será conduzido na Fazenda Experimental Lageado da FCA/UNESP - Botucatu-SP. O delineamento experimental será em blocos casualizados, em esquema fatorial 2x4, com quatro repetições. Os tratamentos serão constituídos por duas fontes de nitrogênio (sulfato de amônio e uréia) e por quatro doses (0, 30, 60 e 120 kg ha-1 de N) aplicadas em cobertura aos 30 dias após a emergência, sendo utilizado o híbrido Lyra. Serão realizadas as seguintes avaliações: matéria seca de planta, diagnose foliar (N, P, K, Ca, Mg e S), componentes da produção (estande final de plantas, nº de racemos/planta, nº de frutos/racemos, nº de grãos/fruto e massa de 100 grãos), produtividade de grãos e fator de utilização do nitrogênio aplicado. Os dados serão submetidos à análise de variância. As médias de fontes de N serão comparadas pelo teste de DMS a 5% e os níveis de N serão submetidos a análise de regressão.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)