Busca avançada
Ano de início
Entree

Prevalência dos polimorfismos do gene da enzima mthfr segundo gênero e faixa etária dos adolescentes: estudo de base populacional do município de são paulo

Processo: 09/14544-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2009
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Dirce Maria Lobo Marchioni
Beneficiário:Sibeli Demiquili
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Homocisteína   Adolescentes   Polimorfismo genético   Epidemiologia nutricional

Resumo

A homocisteína (Hcy) é um aminoácido sulfurado cujos níveis plasmáticos elevados é considerado um fator de risco para doenças cardiovasculares. Características genéticas, deficiências nutricionais, algumas doenças e medicamentos, são apontados como influenciadores dos níveis plasmáticos da homocisteína. A enzima 5,10 metileno-tetrahidroxifolato redutase (MTHFR) participa da regulação do metabolismo da homocisteína. A atividade da enzima é reduzida nas duas variantes polimórficas da MTHFR (C677T e A1298C), associando-se com a hiperhomocisteinemia. São raros os estudos de base populacional, em populações sadias e com representação da mistura racial na população. O presente estudo tem por objetivo estimar a prevalência dos genes homozigotos para a C677T e A1298T da enzima MTHFR segundo gênero e faixa etária de adolescentes no município de São Paulo. O estudo será transversal, de base populacional, por meio de inquérito domiciliar e coleta de amostra de sangue. O DNA extraído será amplificado por PCR, usando primers específicos para os dois polimorfismos da MTHFR (C677T e A1298C), seguido de digestão com a enzima Hinf I (New England BioLabs) para o C677T e Mbo II (New England BioLabs ) para o A1298C. As análises serão em gel de agarose 3% e coloração com brometo de etídeo. Os dados serão descritos por medidas de tendência central, dispersão e proporções. O erro amostral será considerado nas análises, utilizando-se o módulo Survey do programa Stata, que permite que a variância estimada seja corrigida pelos múltiplos estágios da amostragem. Será utilizado o pacote STATA® (Data Analysis and Statistical Software) versão 9.1. Com este estudo espera-se contribuir para a compreensão dos mecanismos etiológicos das doenças cardiovasculares bem como forneçam subsídios na elaboração de políticas públicas de saúde que visem uma menor generalização da população.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)