Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos mecanismos de ação de cloroquina em Plasmodium sp. a partir de microfisiômetro

Processo: 01/01755-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2001
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Célia Regina da Silva Garcia
Beneficiário:Carlos Alexandre Oliveira Sigolo
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/00410-2 - Biologia celular e molecular do Plasmodium: aspectos comparativos do estudo da transdução de sinal na relação parasita-hospedeiro, AP.TEM
Assunto(s):Malária   Plasmodium   Antimaláricos   Cloroquina

Resumo

A resistência do Plasmodium ao anti-malárico clássico cloroquina tem se tornado um sério problema no combate à doença nos últimos anos. Embora essa droga seja utilizada há muitos anos no tratamento da malária sua biologia de ação permanece controversa. Existem evidências de sua interação com o trocador Na+/H+ da membrana plasmática do parasita como porta de entrada dessa droga no parasita, por outro lado há hipóteses que apontam para a sua livre entrada e ação no vacúolo ácido, onde impediria a polimerização da ferriproporfirina, que é tóxico e provoca a lise celular. Nosso projeto visa estudar a ação do anti-malárico cloroquina no parasita da malária de camundongos P. chabaudi, com a utilização do microfisiômetro Cytosensor. Com esse estudo poderemos entender melhor os mecanismos de ação desta droga no parasita com base na sua ação no vacúolo ácido do parasita e sua possível interação com trocadores iônicos. (AU)