Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização e validação de método para análise de organofosforados em amostras de ar

Processo: 08/56733-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Mary Rosa Rodrigues de Marchi
Beneficiário:Aline Varella Rodrigues
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Amostras de ar

Resumo

O emprego de pesticidas atualmente vem provocando mudanças em toda a biosfera, pois, sendo substâncias químicas capazes de exterminar pragas de lavouras, sua utilização Indiscriminada atinge os solos, e logo os lençóis freáticos, contaminando éguas de rios, organismos aquáticos, e consequentemente, Indivíduos que se alimentam destes. A contaminação pode se dar, portanto, por meio do solo, da água, e do ar. Há a contaminação direta das pessoas que trabalham em terras agrícolas e aplicam os pesticidas em diversas plantações. Esses operários fazem uso, ou não, de equipamentos que têm por finalidade os proteger da contaminação, que se faz por contato ou aspiração. Alguns trabalhadores que aplicam os pesticidas nas lavouras já se queixaram de dores de cabeça, mal-estar, náuseas, entre outros sintomas que os fazem se desligar por um período de seus empregos, ou, quando não o podem, continuam a executar a atividade e a ter sua saúde deteriorada. Estudos realizados indicaram certo vínculo entre os efeitos tóxicos advindos dos pesticidas e a exposição dos humanos a eles. Os problemas de saúde podem ser da ordem neurológica, sistêmica, reprodutora, e cancerígena. Este projeto tem por finalidade otimizar e validar método que analisarão quatro pesticidas organosforados utilizados na produção de maçãs no Sul do Brasil. Esses organofosforados são: clorpírifós, fenitrotion, malation e metklation, classificados como compostos muito tóxicos, e que causam severa irritação. A análise de pesticidas organofosforados geralmente emprega a cromatografia a gás com detector termiônico seletivo (GC/TSD), detector fotométrico de chama (GC/FPD) ou fotométrico de chama pulsante (GC/PFPD). Neste trabalho, a princípio, serão comparados estes sistemas cromatográficos quanto à resposta aos pesticidas de interesse. Posteriormente a técnica que obtiver melhor desempenho será utilizada na etapa de validação do método para análise dos pesticidas em ar de ambiente de trabalho. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.