Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise crítica e socioeconômica da utilização do sistema de integração lavoura pecuária (SILP) em propriedades rurais das regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste do Brasil

Processo: 10/15098-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2010
Vigência (Término): 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia
Pesquisador responsável:Augusto Hauber Gameiro
Beneficiário:Felipe Perrone Braz
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Lavoura   Pecuária   Sustentabilidade   Análise socioeconômica

Resumo

A expansão da produção pecuária, no Brasil, teve início em meados de 1970, devido ao baixo valor das terras, às ofertas de crédito e ao surgimento de espécies forrageiras com alta capacidade de adaptação ao clima e à baixa fertilidade dos solos. Torno de 44% do rebanho bovino nacional é representado pela pecuária de corte, que encontram nas pastagens cultivadas, uma das principais fontes de alimentação (PERON et. al, 2004). Todavia, a degradação das pastagens é cada vez mais evidente nos sistemas convencionais, mostrando que estes tipos de exploração agropecuária são pouco ou até mesmo insustentáveis ao longo dos anos. Os Sistemas de Integração Lavoura Pecuária (SILP) aparecem como possíveis fontes de produção sustentáveis na agropecuária brasileira (ALVARENGA, 2004). O objetivo deste trabalho é realizar o levantamento e analisar o perfil socioeconômico de propriedades rurais e produtores, que optaram pela implantação do SILP em suas atividades. Sendo assim serão analisados os diferentes motivos que os levaram a adoção do sistema; quais foram suas reais dificuldades para implantação do SILP; principais mudanças na gestão da propriedade após implantação do novo método de produção; diferença de produtividade e lucratividade antes e depois da adoção do SILP; ganhos ambientais; e opinião geral dos produtores quanto ao sistema de integração implantado. Para isto será realizada coleta de dados por meio de questionários elaborados para que se possa definir as principais motivações e as percepções dos produtores que adotaram o SILP. Os dados serão coletados no maior número possível de propriedades rurais das regiões sul, sudeste e centro oeste através da aplicação dos questionários, diretamente aos produtores rurais que implantaram o SILP. Os resultados obtidos poderão apresentar subsídios para futuros trabalhos relacionados ao tema, facilitando os direcionamentos de pesquisa e trabalhos científicos, além de eliminar lacunas existentes nas pesquisas de caráter socioeconômicas de sistemas integrados. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)