Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo volumétrico, de textura e espectroscopia por ressonância magnética dos gânglios basais, tálamo e cerebelo em pacientes com Doença de Huntington: correlação com variáveis clínicas e expansão da mutação CAG

Processo: 01/05439-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2001
Vigência (Término): 31 de julho de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Pesquisador responsável:Fernando Cendes
Beneficiário:Heloisa Helena Ruocco
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:97/07584-3 - A neuroimagem nas epilepsias parciais, AP.JP
Assunto(s):Doença de Huntington   Gânglios da base

Resumo

A doença de Huntington (DH) é uma afecção neurodegenerativa progressiva com padrão de herança autossômica dominante caracterizada por: disfunção motora, disfunções cognitivas, alteração da personalidade e susceptibilidade a distúrbios mentais. A base molecular da doença é uma expansão de trinucleotídeos (CAG)n e a severidade da doença está ligada à precocidade de instalação das manifestações clínicas e ao tamanho da seqüência de trinucleotídeos (CAG)n. As características patológicas mais marcantes da DH são: atrofia do neoestriado e perda neuronal, embora alterações no córtex, núcleo subtalâmico e cerebelo possam ocorrer. Estas alterações podem ser visualizadas pela Ressonância Magnética (RM). Em nosso estudo, propomos realizar as medidas volumétricas do putamen, caudado, tálamo e cerebelo a partir de imagens de RM de pacientes com diagnóstico molecular de DH e correlacionar os volumes e as alterações metabólicas destas estruturas com o tamanho da expansão de trinucleotídeos (CAG)n e o grau de comprometimento clínico. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
H.H. RUOCCO; I. LOPES-CENDES; L.M. LI; M. SANTOS-SILVA; F. CENDES. Striatal and extrastriatal atrophy in Huntington's disease and its relationship with length of the CAG repeat. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 39, n. 8, p. 1129-1136, Ago. 2006.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.