Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo para validação de técnica de segmentação semi-automática de quantificação hipocampal em pacientes com epilepsia de lobo temporal

Processo: 01/07660-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2001
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2003
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Fernando Cendes
Beneficiário:Aline Daiane Carnevalle
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ressonância magnética

Resumo

A epilepsia de lobo temporal (ELT) é a forma mais freqüente de epilepsia e está relacionada com esclerose mesial temporal (EMT), caracterizada por perda neuronal seletiva e glicose das estruturas mesiais temporais. O diagnóstico da EMT por métodos de neuroimagem tem importância, principalmente, devido ao fato de a ELT cursar freqüentemente com crises refratárias ao tratamento medicamentoso, que, entretanto, podem remitir completamente após a ressecção cirúrgica seletiva das estruturas envolvidas. O diagnóstico de EMT através de ressonância magnética (RM) pode ser realizado por análise visual ou métodos quantitativos. A avaliação por volumetria aumenta a sensibilidade na detecção de alterações hipocampais, entretanto, exige conhecimento anatômico detalhado da região mesial temporal. Nesse estudo, propomos a utilização de uma técnica de segmentação semi-automática das estruturas temporais mesiais em um grupo de pacientes com ELT, utilizando um software de fácil manuseio. Os resultados da volumetria, utilizando este programa de segmentação semi-automática, serão comparados com os dados obtidos por segmentação manual. (AU)