Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do treinamento físico aeróbio sobre as alterações hemodinâmicas arteriais e do ventrículo esquerdo em ratas normotensas e espontaneamente hipertensas

Processo: 03/08600-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2003
Vigência (Término): 31 de outubro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia
Pesquisador responsável:Luciana Venturini Rossoni
Beneficiário:Janaina Memolo Potenza
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Hipertensão   Pressão ventricular   Cardiomegalia   Treinamento físico

Resumo

A hipertensão arterial (HA) permanece sendo o fator causar e de risco para algumas patologias como infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca, entre outras enfermidades, as quais provocam mais da metade de todas as mortes nos países desenvolvidos. Tais aspectos, por si só, justificam o empenho em se estudar os mecanismos relacionados à gênese e manutenção da HA. O treinamento físico (TF) aeróbio tem se mostrado eficaz em reduzir em maior ou menor grau os valores de PA em pacientes com HA leve a moderada. Entre os ajustes que ocorrem sobre o sistema cardiovascular devido ao TF crônico é possível observar uma redução na RVP, assim como hipertrofia cardíaca (HC). Mediante as diferenças sobre o sistema cardiovascular entre machos e fêmeas, e conhecendo-se os efeitos benéficos do TF sobre este sistema em machos normotensos e hipertensos, é bastante atrativa a idéia de analisar as adaptações causadas pelo TF em fêmeas normotensas e hipertensas, uma vez que existem poucos trabalhos que procuram caracterizar as respostas ao TF em fêmeas hipertensas. Assim, seria de grande relevância investigar se o TF induziria alterações hemodinâmicas arteriais e sobre a função cardíaca em fêmeas normotensas (WKY) e hipertensas (SHR). Para tal as ratas WKY e SHR serão submetidas a 13 semanas de TF (60% da carga máxima atingida no teste de esforço) e os parâmetros hemodinâmicos ventricular e arterial, assim como o peso dos ventrículos serão avaliados. (AU)