Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e aplicação de eletrodos compósitos grafite-poliuretana modificados com polímeros

Processo: 06/06133-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2007
Vigência (Término): 31 de julho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Éder Tadeu Gomes Cavalheiro
Beneficiário:Priscila Cervini
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroanalítica   Voltametria   Eletrodos

Resumo

Nesse projeto propõe-se a síntese de polímeros molecularmente impressos (MIP), utilizando como analitos ("templates"), paracetamol, atenolol, ácido úrico, entre outros. O MIP será utilizado na modificação do eletrodo compósito grafite-poliuretana, para determinação e quantificação desses analitos de forma seletiva, em amostras reais. A principal vantagem deste tipo de material eletródico é sua alta hidrofobicidade, que representa um ganho em relação a outros compósitos descritos na literatura. Este projeto deverá contribuir para o desenvolvimento de métodos para determinação de substâncias de interesse biológico ou farmacológico, usando eletrodos compósitos modificados. A modificação dos compósitos deverá conferir-lhes melhor sensibilidade e seletividade. A contribuição da pós-doutoranda será a introdução de modificadores na matriz eletródica, o que ainda não foi feito pelo grupo proponente.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CERVINI, PRISCILA; GOMES CAVALHEIRO, EDER TADEU. Evaluation of the Analytical Potentialities of a Composite Electrode Modified with Molecularly Imprinted Polymers. Analytical Letters, v. 42, n. 13, p. 1940-1957, 2009. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.