Busca avançada
Ano de início
Entree

Cultivo intercalar de adubos verdes em cana-de-açúcar visando a substituição da adubação mineral nitrogenada e a melhoria das propriedades físicas do solo

Processo: 10/12554-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2010
Vigência (Término): 31 de outubro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Miguel Cooper
Beneficiário:Pedro Augusto Minighelle Selegato
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Adubo verde   Manejo sustentável   Cana-de-açúcar   Física do solo   Nitrogênio

Resumo

A cana-de-açúcar está entre as principais culturas brasileiras, ocupando 14 % da área cultivada no Brasil. É grande geradora de divisas e de fundamental importância no planejamento energético do país. Apesar de algumas variedades serem capazes de realizar alguma fixação biológica do N atmosférico, a cultura ainda é dependente da aplicação de quantidades significativas de N para rendimentos satisfatórios. Em algumas situações, certos sistemas de produção e técnicas de manejo permitem menor dependência dos adubos nitrogenados. A adoção da rotação de culturas com espécies da família Fabaceae, por exemplo, é bastante utilizada pelo setor canavieiro e é capaz de reduzir ou eliminar a adubação nitrogenada na cana-planta. A cana-soca, no entanto, continua dependente dos adubos nitrogenados. O objetivo do presente trabalho é avaliar se o cultivo intercalar da Crotalaria breviflora é capaz de substituir a adubação nitrogenada da cana-soca pela fixação biológica de N e ainda melhorar as propriedades físicas do solo possibilitando maior longevidade do canavial. O experimento será instalado em área de produção de cana com colheita mecanizada sem queima no município de Serra Azul-SP. A cultura intercalar será instalada após o quarto corte por semeadura direta na palha em duas linhas para cada entrelinha da cana. O delineamento experimental será de blocos ao acaso com quatro repetições. Serão avaliados diferentes intervalos entre a colheita da cana e a semeadura do adubo verde, com ou sem o corte do mesmo ao florescimento. Haverá, ainda, dois tratamentos testemunhas com cana em monocultivo, um com adubação mineral nitrogenada e outro sem adubação nitrogenada.