Busca avançada
Ano de início
Entree

Contribuições aos estudos genéticos no gênero Pimelodella: uma abordagem citogenético molecular

Processo: 08/50931-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2008
Vigência (Término): 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Lurdes Foresti de Almeida-Toledo
Beneficiário:Bianca Dazzani
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Siluriformes   Citogenética molecular   Polimorfismo de fragmento de restrição

Resumo

Dentre os representantes da família Heptapterídae destacasse o gênero Pimetodella, o qual se encontra amplamente distribuído pelas águas doces da região Neotropical. De modo geral, a sistemática deste gênero permanece bastante confusa principalmente devido a conflitos taxonômicos, de forma que mais de uma espécie pode estar sendo classificada sob uma mesma nomenclatura, como sugerido por estudos anteriores. Apesar do número relativamente pequeno de espécies estudadas citogeneticamente, os dados disponíveis mostram à existência de uma ampla variabilidade no que diz respeito à composição cromossômica, associada à ocorrência de cromossomos supranumerários, polimorfismos estruturais e numéricos e cromossomos sexuais. Entretanto, estados de natureza molecular permanecem escassos dentro deste grupo. O presente trabalho visa contribuir com os estudos genéticos no gênero Pimelodella através da aplicação de técnicas citogenéticas (clássica e molecular) e moleculares (RFLP e ISSR), caracterizando algumas populações deste gênero presentes em diferentes bacias hidrográficas do Estado de São Paulo. Os dados obtidos poderão auxiliar na possível elucidação de problemas levantados por estudos citogenético moleculares já iniciados no Laboratório de Ictiogenética da Universidade de São Paulo envolvendo a espécie Pimelodella boschmai, além de poderem auxiliar e/ou reforçar os resultados de estudos filogenéticos que fazem parte de um projeto de doutorado em andamento no Laboratório, já aprovado pela FAPESP (processo: 06/60542-8), contribuindo assim para um maior entendimento da genética dos Siluriformes neotropicais. (AU)