Busca avançada
Ano de início
Entree

Purificação de ácido clavulânico em relação aos aminoácidos por sistema de duas fases aquosas

Processo: 09/50749-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
Pesquisador responsável:Marlei Barboza Pasotto
Beneficiário:Mayara Cristina Araujo Dias Barros
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/55079-4 - Produção e purificação de ácido clavulânico, cefamicina C e outros metabolitos bioativos de Streptomyces, AP.TEM
Assunto(s):Aminoácidos   Ácido clavulânico   Sistema de duas fases aquosas

Resumo

O ácido clavulânico é um importante antibiótico beta-lactâmico e é produzido industrialmente por culturas submersas da bactéria filamentosa Streptomyces clavuligerus. A extração e purificação do ácido clavulânico têm sido estudados os processos com membranas de ultrafiltração, processos de extração com solventes orgânicos e extração em sistemas de duas fases aquosas (SDFA), enquanto que a purificação é realizada por processos envolvendo a troca iônica. Os SDFA, normalmente compostos por polietileno glicol (PEG) e um sal (por exemplo fosfato) ou um polímero (por exemplo dextrana), são utilizados em muitos processos biotecnológicos pois causam baixo impacto ambiental e têm proporcionado bons resultados. No entanto não existem trabalhos na literatura que apresentam resultados da purificação do ácido clavulânico em relação aos aminoácidos presentes no caldo de cultura. O projeto tem como objetivo avaliar qual a massa de molecular PEG e a região de pH, são necessários para obter melhor rendimento da extração e principalmente melhores valores de fator de purificação em relação aos principais aminoácidos constituintes do processo de fermentação. Também será estudada a degradação do ácido clavulânico nas duas fases aquosas com diferentes massas moleculares de PEG e pH. Espera-se, com a realização deste projeto, avaliar a viabilidade de aplicação do processo proposto disponibilizando-o para aplicação em grande escala, contemplando assim um dos objetivos do referido projeto Temático FAPESP (Proc. No. 05/55079-4). (AU)