Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação de queratinase microbiana

Processo: 10/05277-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Rosemeire Cristina Linhari Rodrigues Pietro
Beneficiário:Ana Paula Borges Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Biotecnologia

Resumo

A indústria biotecnológica atualmente tem a utilização e produção de enzimas como um de seus setores de maior interesse, já que esta é uma alternativa para substituir processos químicos, que, via de regra são prejudiciais ao meio ambiente. Mas a utilização industrial de enzimas é limitada a alguns setores devidos principalmente ao alto custo de sua obtenção e purificação. Uma alternativa para este problema seria a obtenção de enzimas a partir de micro-organismos por processos fermentativos, e sua utilização em estado bruto, ou seja, diretamente do filtrado de cultura. Queratinases são enzimas proteolíticas que degradam queratinas e são produzidas por vários micro-organismos, entre eles Trichophyton sp., Bacillus sp. e Streptomyces sp. As principais aplicações de enzimas queratinolíticas atualmente estão no tratamento do couro, eliminação de acnes, clareamento de pele, síntese de fertilizantes e tratamento de água. O objetivo desse projeto é estudar os principais fatores que interferem na produção de queratinases experimentalmente em agitador orbital e em biorreator, equipamento eficiente para o processo fermentativo, já que neles pode-se controlar o pH do meio, a temperatura, aeração e agitação, e assim aumentar a produção.