Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo fitoquimico e antimicrobiano de extratos vegetais.

Processo: 04/05217-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2004
Vigência (Término): 31 de julho de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Rosemeire Cristina Linhari Rodrigues Pietro
Beneficiário:Luiz Estêvão Salvagnini
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Anti-infecciosos   Extratos vegetais

Resumo

O uso indiscriminado de plantas com propósitos terapêuticos tornou-se um grande problema de saúde pública, em função da necessidade da avaliação dos critérios de segurança, eficácia e qualidade. A realização de estudos relativos a aspectos botânicos, fitoquímicos, farmacológicos e toxicológicos deve auxiliar a área de fitoterápicos que se encontra em pleno desenvolvimento. Este projeto tem como objetivos a detecção da(a) fração(ões) ativa(s) de gabiroba (Campomanesia xanthocarpa Berg), cajá-manga (Spondias lútea L.) e Arctium lappa (Bardana) que apresentem atividade antimicrobiana buscando a obtenção de matéria-prima com características químicas determinadas. Pretende-se avaliar a composição química dos ativos presentes nos extratos por metodologia convencional e determinação de atividade antimicrobiana aliada a estudos de citotoxicidade. A investigação da atividade antimicrobiana de extratos brutos e frações, para encontrar determinar compostos potencialmente ativos poderá levar a utilização dos mesmos em produtos fitoterápicos que apresentem segurança quanto a citotoxicidade. (AU)