Busca avançada
Ano de início
Entree

Cininas e prostaglandinas na reabsorção óssea inflamatória

Processo: 08/07221-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Carlos Alberto de Souza Costa
Beneficiário:Pedro Paulo Chaves de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Receptor ativador de fator nuclear kappa-B   Prostaglandinas   Citocinas   Ciclo-oxigenase 2   Biologia molecular   Bradicinina

Resumo

O processo inflamatório em regiões próximas ao tecido ósseo leva àremodelação do mesmo, geralmente estimulando sua reabsorção. Na doença periodontalisto é observado, e o controle deste processo vem sendo alvo de investigação pordiversos grupos. Moléculas inflamatórias secretadas por células residentes do tecido oupor células inflamatórias que migram para o sítio da lesão participam deste processo.Dentre estas moléculas, os componentes do sistema calicreína-cininas parecem tergrande relevância, pois estão envolvidos não só na formação de edema em processosinflamatórios, mas também na hiperalgesia inflamatória, diferenciação de osteoclastos,produção de citocinas por células inflamatórias e residentes e produção de prostanóides.A liberação de prostaglandinas induzida pela bradicinina (um dos peptídeos destesistema que age via receptor B2) parece ser devida, pelo menos em parte, ao aumento naexpressão de COX2, enzima indizível que participa da via de síntese de prostaglandinaE2. O aumento na expressão de COX2 por bradicinina já foi demonstrado em diversaslinhagens, porém, permanece obscura a participação de outros agonistas deste sistema,que agem se ligando ao receptor B1, neste processo.A reabsorção óssea induzida por cininas é totalmente dependente da produção dePGE2 e pode ocorrer por dois mecanismos: i)aumentando a produção de RANKL porcélulas vizinhas a precursores de osteoclastos ou ii) aumentando a expressão de RANKnestas células. Já foi demonstrado que PGE2 leva a um aumento na produção deRANKL por células de osteossarcoma (MG-63) em cultura, mas o receptor ao qual aPGE2 se liga nesta célula não foi identificado.Assim, o papel do receptor B1 na indução da expressão de COX2 e aidentficação do receptor de PGE2 responsavel pelo aumento de produção de RANKLnestas células pode auxiliar no compreendimento do papel de cininas e prostanóides nareabsorção óssea inflamatória.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA, P. P. C.; BRECHTER, A. B.; REIS, R. I.; COSTA, C. A. S.; LUNDBERG, P.; LERNER, U. H. IL-4 and IL-13 inhibit IL-1 beta and TNF-alpha induced kinin B-1 and B-2 receptors through a STAT6-dependent mechanism. British Journal of Pharmacology, v. 169, n. 2, p. 400-412, MAY 2013. Citações Web of Science: 15.
SOUZA, PEDRO P. C.; LERNER, ULF H. The role of cytokines in inflammatory bone loss. IMMUNOLOGICAL INVESTIGATIONS, v. 42, n. 7, p. 555-622, 2013. Citações Web of Science: 102.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.