Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de reações envolvidas na fotodegradação de polímeros coloridos

Processo: 05/05175-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2007
Vigência (Término): 19 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Miguel Guillermo Neumann
Beneficiário:Beatriz Eleutério Goi
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Fotodegradação   Fotoquímica   Corantes

Resumo

O conhecimento dos mecanismos de fotodegradação de polímeros coloridos é de grande interesse científico, devido à possibilidade de prolongar a vida útil desse material e também de acelerar sua degradação quando desejado. Isto envolve a presença de corantes, ou outros cromóforos, no material polimérico, que podem estar ligados covalentemente às cadeias poliméricas ou adicionados e dissolvidos posteriormente.O efeito global da irradiação UV em poliacrilatos é bem conhecido: quebra da cadeia lateral e formação de radicais, mas são poucos os trabalhos na literatura sobre a fotodecomposição de polimetacrilatos na presença de corantes. No projeto proposto serão utilizados os seguintes polímeros: poli(metacrilato de metila), poli(metacrilato de etila), poli(metacrilato de n-butila) e poli(metacrilato de n-hexila). Com esses polímeros escolhidos poderá se avaliar o efeito do grupo alquila lateral no mecanismo de fotodegradação. Como fotossensibilizadores serão utilizados os corantes Benzofenona e Tioxantonas TX, TXA, TX3 e TX4, sendo que as três últimas estarão ligadas covalentemente aos polimetacrilatos. Os estudos de fotodegradação serão realizados em filmes, que serão irradiados com luz visível e UV. A cinética de fotodegradação será acompanhada pelas técnicas e FTIR e UV-vis. A distribuição da massa molar dos polimetacrilatos será analisada por GPC.As reações elementares serão estudadas através da técnica de fotólise por pulso de laser, fluorescência estática e dinâmica. Para tais estudos serão empregadas moléculas modelos como o Dimetil-2,2-dimetil glutamato e o esqualeno que simulam estruturalmente os polimetacrilatos. As moléculas modelo permitirão a elucidação dos mecanismos de fotodegradação.Por fim, pode-se dizer que o projeto envolve o estudo de fotoquímica e de ciência de polímeros.