Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de fungos ligninolíticos isolados de esponjas marinhas na degradação de corantes sintéticos e efluente têxtil

Processo: 09/18399-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2010
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Lara Durães Sette
Beneficiário:Rafaella Costa Bonugli Santos
Instituição-sede: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia , SP, Brasil
Assunto(s):Genes   Biodegradação

Resumo

Os fungos filamentosos produtores de enzimas ligninolíticas são fontes potenciais de recursos genéticos para aplicação em processos de biorremediação de diversos poluentes ambientais, incluindo os efluentes de indústrias têxteis. Esses efluentes além de alto teores de corantes contém também valores extremos de pH e sais, os quais podem variar de 20 a 80%, representando um dos principais problemas durante sua degradação por micro-organismos. Neste contexto, os fungos derivados de ambiente marinho podem ser considerados estratégicos por estarem adaptados às condições de salinidade do mar. Assim, a presente proposta tem como objetivo utilizar três fungos basidiomicetos isolados de esponjas marinhas no âmbito do Temático da FAPESP 05/60175-2, selecionados pela alta capacidade de degradação do corante RBBR e de produção significativa de enzimas ligninolíticas em condições salinas, visando: a) avaliação da degradação de diferentes corantes têxteis e efluentes de tinturaria; b) determinação da atividade ligninolítica extracelular e; c) avaliação da expressão e quantificação dos gene ligninolíticos em diferentes condições. Como resultado espera-se obter alternativas para o processo de descoloração e degradação dos corantes e efluentes têxteis, bem como o conhecimento do papel das enzimas ligninolíticas neste processo. Cabe ressaltar, que esta é uma proposta inovadora, pois até o momento nenhum estudo avaliou a relação da expressão gênica das enzimas ligninolíticas na degradação destes poluentes. Em adição, os resultados obtidos poderão permitir a confirmação de possíveis novos genes de lacase nos 3 fungos basidiomicetos estudados, os quais foram detectados em estudos anteriores realizados pelo nosso grupo de pesquisa.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BONUGLI-SANTOS, RAFAELLA C.; DOS SANTOS VASCONCELOS, MARIA R.; PASSARINI, MICHEL R. Z.; VIEIRA, GABRIELA A. L.; LOPES, VIVIANE C. P.; MAINARDI, PEDRO H.; DOS SANTOS, JULIANA A.; DUARTE, LIDIA DE AZEVEDO; OTERO, IGOR V. R.; DA SILVA YOSHIDA, ALINE M.; FEITOSA, VALKER A.; PESSOA, JR., ADALBERTO; SETTE, LARA D. Marine-derived fungi: diversity of enzymes and biotechnological applications. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 6, APR 10 2015. Citações Web of Science: 45.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.