Busca avançada
Ano de início
Entree

AVALIAÇÃO DO EFEITO DO ATENOLOL NO PROCESSO DE REPARO ALVEOLAR EM RATOS ESPONTANEAMENTE HIPERTENSOS (SHR). Parte A: Avaliação do efeito do atenolol sobre a expressão de MMP-9, Rank, Rank L e OPG no reparo alveolar de ratos normotensos Wistar

Processo: 08/09848-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Cristina Antoniali Silva
Beneficiário:Samuel Micaroni
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Metaloproteinase 9 da matriz   Hipertensão   Reparação alveolar   Atenolol

Resumo

Atualmente, na odontologia moderna, todos os tratamentos clínicos/medicamentosos visam preservar ou manter os dentes na cavidade oral, porém em algumas situações clínicas há a necessidade real de se remover alguns dentes como nos casos de cáries graves, necrose pulpar, doença periodontal grave, fraturas, razões ortodônticas ou dentes em má oclusão. A partir do momento que o diagnóstico é realizado e sendo o plano de tratamento instituído como exodontia, vários fatores devem ser considerados, uma vez que estes fatores podem determinar alterações no processo de cicatrização/ reparo alveolar acarretando, muitas vezes, problemas clínicos futuros. Pesquisas clínicas e experimentais conduzidas por grupos de pesquisadores conceituados nacionais e internacionais, têm demonstrado que o processo de reparo alveolar pode sofrer alterações devido a fatores locais e sistêmicos. Entre estes fatores poderíamos considerar a hipertensão e medicamentos com efeitos anti-hipertensivos. No entanto, poucos estudos avaliaram a influência destes fatores e os resultados são contraditórios e não conclusivos. Considerando a hipertensão como uma das causas de maior redução da qualidade e expectativa de vida dos indivíduos, que cerca de 20% dos adultos apresentam hipertensão sem distinção de sexo, e com evidente tendência de aumento com a idade e ainda que prevalência desta condição clínica na criança/adolescente situa-se entre 0,8% a 9%, média de 5%, com significativa elevação na população nos últimos anos, o objetivo deste projeto será estudar experimentalmente o reparo alveolar em um modelo animal de hipertensão essencial que é o rato espontaneamente hipertenso (SHR) e avaliar o efeito do atenolol, um anti-hipertensivo bastante utilizado clinicamente, sobre este reparo. Em uma segunda etapa, também será objetivo deste projeto estudar os mecanismos envolvidos com as possíveis alterações encontradas avaliando especificamente a participação de proteínas como MMP-9, OPG, RANK e RANK-L. A fim de alcançarmos nossos objetivos utilizaremos ratos espontaneamente hipertensos (SHR, pressão arterial sistólica ³ 150mmHg e ratos normotensos Wistar (110-112 mmHg) pesando entre 180-200g, tratados, ou não (grupos controles) com atenolol (100mg/Kg/dia, via oral). Este tratamento será iniciado uma semana antes da cirurgia de exodontia e permanecerá até o final dos períodos a serem avaliados. A PAS será aferida em períodos pré e pós-cirúrgicos, pelo método de pletismografia de cauda a fim de avaliarmos a eficácia do tratamento com anti-hipertensivo. Os animais serão anestesiados com quetamina (45 mg/Kg im) e xilasina (5mg/kg, im) e o incisivo superior direito será removido seguindo técnica padronizada. As feridas serão suturadas com fio cirúrgico estéril. O reparo será avaliado aos 7º, 14º, 21º, 28º e 42º dias após a cirurgia. Serão realizadas análises densitométricas, morfométricas e imunohistoquímicas para MMP-9, OPG, RANK, RANK L nos períodos acima descritos. As diferenças estatísticas entre os grupos serão consideradas significativas quando p menor que 0,05.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)