Busca avançada
Ano de início
Entree

Clima de segurança: avaliação da percepção de profissionais atuantes em clínica médica e cirúrgica em um hospital da região sudeste do país

Processo: 10/08272-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2010
Vigência (Término): 30 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Silvia Helena de Bortoli Cassiani
Beneficiário:Mayara Carvalho Godinho Rigobello
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Segurança do paciente

Resumo

A crescente preocupação com a segurança do paciente fez com que as instituições de saúde adotassem modelos de cultura de segurança, utilizado também como sinônimo de clima de segurança ou Safety Climate. O termo cultura é definido como um produto de valores, atitudes, percepções e competências, grupais e individuais que determinam um padrão de comportamento e comprometimento com o gerenciamento de segurança da instituição. A mensuração do clima de segurança nas instituições de saúde, por meio de escalas e questionários, é um método que vem sendo utilizado desde o início da década de 80. Objetiva-se neste estudo avaliar a percepção dos profissionais quanto ao clima de segurança do paciente das unidades clínicas e cirúrgicas de um hospital na região Sudeste do país, correlacionar os valores obtidos na escala com Indicadores de Segurança do Paciente e correlacionar os domínios entre si e cada domínio com o escore total do questionário. Trata-se de um estudo de levantamento (survey), transversal, descritivo e com abordagem quantitativa. O instrumento para avaliação será o Safety Attitudes Questionnaire (SAQ) - Short Form 2006 validado e adaptado para a língua portuguesa por LIMA (2009. Os indicadores de segurança do paciente foram desenvolvidos pela AHRQ (EUA) como estratégia para a avaliação e monitoramento de eventos adversos (EA) e estão diretamente relacionados com a qualidade da assistência prestada. O processamento dos dados será realizado pelo Statistical Package for Social Science (SPSS), versão 15.0. Nesta perspectiva, com a aplicação deste instrumento estará disponível para a instituição informações sobre os principais fatores que precisam ser aprimorados para uma assistência segura e livre de danos para o paciente.